número três - uma carta para os teus pais.

Muito bem, não sei por onde começar, porque quando são assuntos relacionados com a família, é algo muito mais complexo do que escrever sobre mim mesma ou até inventar algo que ainda não tenha falado.
Acho que o que se deve começar numa carta direccionada a vocês, meus pais, é um obrigada por tudo, obrigada por me terem feito nascer -risos-, obrigada por me educarem e por fazerem quem sou hoje.
Não poderíamos, nós filhos, estar mais gratos de tal coisa, sem vocês nem estaria aqui a escrever isto hoje.
Há muitas coisas que vocês já sabem, nunca vos disse, mas não é preciso dizer para o coração o sentir, que é: eu amo-vos, obrigada por estarem comigo, por vezes não estão tanto como todos os filhos desejam, mas enfim, faz parte da vida, não podemos estar lá sempre, não é?
Acho que não há muito mais a dizer, e desde já, um obrigada ♥

1 comentário: